Vinte e Alguma Coisa

Amor não é a resposta, trabalho também não é.... A verdade é tão incompreensível que dói... Mas eu continuo me divertindo e acho que essa é a chave.. Tenho vinte e poucos e continuarei sendo a mesma coisa....

Novos passos

4 comentários
Você embarca no ônibus logo pela manhã sabendo que será a última vez que precisará pegar essa condução. Está mudando de casa, à noite já não voltará.

Em casa, todas as suas coisas serão transportadas para um novo destino, todas aquelas coisas que você nem mesmo se lembrava que tinha, estão espalhadas em caixas como se tudo que você viveu ali pudesse ser transportado para a nova casa.

Você senta no banquinho não muito confortável pensando nos sacos e sacos de lixo que encheu com um tanto de coisas que na hora da 'arrumação' julgou que não lhe seriam mais úteis e agora, você se concentra imensamente para que essa não utilidade seja confirmada.

Na estrada escura ainda, a ideia de um livro que leu na semana passada lhe vem à cabeça: "mudança pode que se desfaça de coisas antigas para que lhe cheguem coisas novas". E aí, tudo que você consegue pensar são nas novas dores de cabeça que lhe ocupam: aluguel, novos móveis, um imenso novo espaço vazio a preencher...

Pensa na casa antiga, nas esperanças que tinham quando chegaram lá, nos planos de futuro, e também lhe vem a mente a sensação de que não nem planos nem esperanças para a casa nova. Só pede a Deus que dê tudo certo.

Descendo do ônibus, ainda com uma estranha sensação de que não se sente vinculada a nenhum dos dois locais, conclui pensando que para se mudar só precisa entrar em ônibus indo e nunca voltar.

4 comentários :

waterfall disse...

Como eu precisava de uma mudança assim. Para dar um arejo na minha vida.:)
Boa sorte!

Igor Carneiro disse...

Promessas assim a mim foram feitas. O desejo que tenho é ter um pouco de saudade da vida que hoje possuo. Não aquela saudade de "como aquele tempo era bom", mas outra que diz que "aquele tempo tinha tudo pra ser ruim mas não foi".

Por outro lado, quero pensar, aquele tempo não foi tão ruim assim, mas graças a Deus que passou.

Só uma dúvida me persegue. Ficaria mais contente em dizer "graças a Deus", ou "que passou"?

Boa sorte é o que desejo. Que os anjos te velem nesse novo caminho.

Grande abraço.

Ivich disse...

Waterfall,

novos ares refrescam mesmo! Brigada pelod votos!

Ivich disse...

Igor,

quanto a sua dúvida, escolheria dizer "graças a Deus", sempre! Mesmo com "que passou".

Brigada!