Vinte e Alguma Coisa

Amor não é a resposta, trabalho também não é.... A verdade é tão incompreensível que dói... Mas eu continuo me divertindo e acho que essa é a chave.. Tenho vinte e poucos e continuarei sendo a mesma coisa....

memória fotográfica

4 comentários

Máquina Fotográfica Russa - daki


No auge dos meus 11 anos, era uma  aluna brilhante. Daquela chatas que sabiam a matéria de ponta a cabeça, que sempre resolvia a prova em 30 minutos e ia sentar la fora para aproveitar o resto do horário livre.

Tudo isso senhores por causa de um mísero detalhe: Eu tinha memória fotográfica!! Não estou usando força de expressão. É sério! Lembro que eu conseguia visualizar a página do livro  texto e ir procurando a resposta. Era incrível.

Com o tempo, a memória foi armazenando mais coisas e o espaço para guardar  as fotos da páginas foi desaparecendo. Não sei ao certo quando findou-se de vez.  Só sei que em dias como o de hoje, onde tenho uma prova teórica e a matéria consiste em 3 apostilas totalizando 213 folhas, eu adoraria ter de volta minha memória fotográfica



4 comentários :

Marília disse...

Que sorte a sua! Eu nunca tive esse tipo de memória, mas sou dessas que estuda um dia antes da prova e consegue se sair bem.

Tem um artigo legalzinho no site da revista Galileu sobre memória, dá uma olha depois, quem sabe não consegue recuperar sua habilidade mágica? :)

Obrigada pela vista, a propósito.

Marcela Fernanda disse...

eu adoraria ter tido algum dia... hehe

Maíra disse...

Marília,

passei lá, mas ainda não tive minha memória de volta, =(

Marcela,

você iria aproveitar muuito! hehe

Tinteratura - Por Sérgio da Silva disse...

Maíra, tenho essa tal memória fotográfica desde a infância. Sempre que apanho me lembro mais de quem deu as porradas, doque da própria dor.